sexta-feira, 2 de outubro de 2015

M'olham


Pintura de Shelby McQuilkin

Mergulho as mãos em letras frias
Tiro-as da solidão
Ao fazermo-nos palavras
E as olhas
E m’olhas

Mas a sede não acaba
— Pudera! — alguém diria
— Só puseste as mãos à beira
Não... te enganas
Caí inteira

Culpa a língua (essa danada!)
Que é quem me limita.
Vou com os versos quebrantados
Que falam
E falham

Sinestésicos chegamos
Qual rio na terra
Esparrama-se em (a)braços
Faltosos
Que m’olham






7 comentários:

  1. E ainda tem quem pergunte se um profundo conhecimento do idioma faz diferença na obra do poeta. Faz muita. Poetas e leitores sempre se beneficiam da familiaridade com as manhas da linguagem. Arrasou, Regina! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Um poema acadêmico que deixa "frias, minhas letras em minhas mãos"... Falo e falho... Escrevo e descrevo... Mas, ler você, Regina, é ser acometida por pura sinestesia! Excelente!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Querida Regina
    Brincar com as palavras, respeitando-as, nem toda a gente sabe fazer.
    Mas o seu poema mostra-nos que estamos perante alguém que, usando de alguma liberdade poética, o faz com mestria.
    Parabéns, minha amiga.
    Com votos de excelente final de semana, deixo...
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS
    PS- Estou em falta por causa do meu livro, tenho andado a terminar uns assuntos, mas brevemente escreverei email. Tenho outras amigas e amigos brasileiros que também querem o livro... Tenho que escrever...

    ResponderExcluir
  4. Querida Regina
    Para além da surpresa foi, acima de tudo, um enorme prazer, vê-la lá no meu cantinho. Eu até pensei que já não sabia o caminho ou que estava zangada comigo por nunca mais ter dito nada acerca do meu livro...
    Na verdade nunca mais disse nada nem a si nem a outras amigas e um amigo brasileiro que querem comprar o meu livro e aguardam informações minhas. É que não tenho andado muito bem de saúde, mas já estou medicada e, com o tempo, tudo voltará ao normal. Em breve escreverei email - a si e às outras amigas e amigo :)))

    Por agora... continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga
    Como vou passar o final-de-semana em casa da minha filhota esta passagem é rápida como o voo duma andorinha …
    A Mulher que não é Mãe… é filha… portanto, tem ou teve Mãe.
    Por isso, seja na qualidade de filha, seja na condição de mãe… tem sempre motivo para festejar o DIA DAS MÃES.
    Desejo que o “seu” seja muito feliz junto de sua linda família.

    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, Regina.
    Tão afastada de sua escrita ...

    deixo-lhe um bjn amg

    ResponderExcluir
  7. Gostei tanto de a ver na minha "CASA"!
    Depois de toda a minha ingratidão (até sinto vergonha de falar no meu livro...) recebê-la lá foi para mim uma alegria enorme!
    Obrigada, minha querida.
    DESEJO TUDO DE BOM PARA SI E SUA LIDA FAMÍLIA.

    Votos de um Domingo feliz
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir